domingo, junho 03, 2018

os livros que vieram comigo para casa



Eterno contador de histórias, o autor dá vida aos seus primeiros anos: da infância à juventude, dos jornais à política. O testemunho de uma vida única com a História contemporânea de Portugal como. Uma quinta no Marão e a escola igual para todos. Os Verões nas praias da Granja e de Lagos. Melville e a pesca da lula «ao candeio». Uma casa diferente e alternativa. Marcelo e as lutas estudantis. O pai e o 25 de Abril. A PIDE e as loucuras do PREC. O trabalho no Estado. A liberdade nos jornais e o fascinante mundo da televisão. Soares, Guterres e Sócrates. As paixões pelo jornalismo e pela literatura. As promessas de vida cumpridas e as juras por cumprir... «Pode um homem viver impunemente começando a sua infância numa aldeia do Marão, comendo cebola crua com sal todas as merendas? Daí saltar para o mundo cinzento e as manhãs submersas da vida salazarenta da Lisboa dos anos sessenta? Acordar na manhã luminosa do 25 de Abril e descobrir que, afinal, éramos todos anti-fascistas e revolucionários e, logo depois, ir ao encontro do mundo e descobrir-se a si mesmo como uma testemunha privilegiada de tempos incríveis que, não os narrando, teria sepultado para sempre na cinza dos dias inúteis? Declaro que vi. E, por isso, conto. Antes que a água tudo lave e apague.»



Da criadora de «Às 9 no meu Blog» e autora do bestseller «Às 9 no Meu Livro». «#descomplicar É o verbo-luz. O que tem vários atalhos num caminho onde aprendes a desatar nós. É a ponta do novelo e o lugar onde todos podemos começar a viver melhor e a ser mais felizes. Este é um dos 11 verbos que te vão permitir transformar a tua vida. Neste livro, escrito com o coração, vais encontrar textos de inspiração, motivação, reflexão, e um mapa com vários pontos cardeais que funcionam como um guia que ajuda a encontrar o caminho e acompanha quem o vai ler, a cada passo do percurso. Com exercícios, meditações, perguntas, este livro vai ajudar-te a traçar um novo caminho, a arriscar um novo início e a desligar o complicómetro. Porque nas coisas, nos dias, nas pessoas e nas voltas da vida, descomplica. Desejo que quando abrires os braços para o novo ciclo que hoje começa, tenhas sempre presente a bússola maior que vive em ti: a do teu coração. Muita força, muito foco e muita fé.»



"Nada é Por Acaso" é um romance sobre o amor, a paixão, o desamor ou os encontros fortuitos, intensos e arrebatadores. Tal como o belo lago de Sirmione – em Itália, onde decorre a ação – que que muda bruscamente de uma calma plácida e de um calor intenso para uma tempestade arrasadora, também as personagens ganham força e solidez: numas prevalece a amizade, o amor intenso e a compaixão e noutras, o ciúme, a raiva, a inveja e até a vontade de prejudicar os outros de forma premeditada são tão naturais como respirar. Mas "Nada é Por Acaso" é sobretudo uma história envolvente sobre a felicidade – perdida ou conquistada – em que o passado e o presente se entrelaçam num objectivo que todos, de formas diversas, anseiam alcançar.


Curiosamente comecei pelo ultimo, uma história de amor. O segundo comprei por curiosidade já que nem aprecio o lado demasiado dengoso e fantasioso do blogue ás nove, vamos ver, pode ser que até me surpreenda. 


Boa noite


Maggie

2 comentários:

Xica Maria disse...

Parecem ser muito interessantes, principalmente o do Miguel.

marina maia disse...

Quero muito o primeiro, o segundo so gosto de ler no facebook, não vale a pena o livro, o terceiro já li.
Mas este ano não posso ir à feira do livro, estou para já "proibida", fiz opções, mas em breve compro o do Miguel.